Minha dieta


A minha dieta

Para construir uma dieta que se adequa-se às minhas necessidades e ao meu quotidiano, baseei-me essencialmente na dieta South Beach. De qualquer forma, não posso negar que também fui influênciada pela dieta do Dr. Atkins, na medida em que restrinjo um pouco a ingestão de hidratos de carbono.

A minha dieta é focada para a reeducação alimentar tendo em vista um modo de vida saudável. O que me parece importante é termos a consciência de que o nosso corpo, a nossa mente e o nosso espírito não são compartimentos estanques. Tudo está interligado, tudo é energia, consciência e vontade!

A minha dieta

A minha dieta

6.9

Eficácia…..

8/10

    Facilidade…..

    5/10

      Permições…..

      5/10

        Saúde…..

        9/10

          Vantagens

          • Saudável;
          • Benefícios a longo prazo:
          • Reeducação alimentar e de hábitos físicos.
          • Dieta sem passar fome;

          Desvantagens

          • Restrições alimentares;
          • Perda de peso lento;
          • Requer exercícios físicos;


          Saiba tudo sobre a classificação da dieta

          A minha dieta

          Para construir uma dieta que se adequa-se às minhas necessidades e ao meu quotidiano, baseei-me essencialmente na dieta South Beach. De qualquer forma, não posso negar que também fui influênciada pela dieta do Dr. Atkins, na medida em que restrinjo um pouco a ingestão de hidratos de carbono.

          minha dieta

          A minha dieta é focada para a reeducação alimentar tendo em vista um modo de vida saudável. O que me parece importante é termos a consciência de que o nosso corpo, a nossa mente e o nosso espírito não são compartimentos estanques. Tudo está interligado, tudo é energia, consciência e vontade!

          Então eu comecei a mentalizar-me de que realmente precisava perder peso, por uma questão de estética e de saúde! Inicialmente, eu tinha muitas dificuldades em fazer desporto, pois com o aumento de peso e os hábitos sedentários comecei a sentir-me presa no meu próprio corpo, com dores nas articulações!

          Comecei por fazer caminhadas de uma hora por dia, cinco dias por semana (dadas as minhas dificuldades, comecei por utilizar um ritmo muito lento de marcha, imprimindo gradualmente um ritmo mais veloz). No entanto, estou convicta de que com o tempo deveria ter começado a praticar outro tipo de exercício, sem excluir os iniciais, de modo a diversificar as práticas e assim mexer com os músculos do corpo todo e não só de uma parte (na bicicleta,por exemplo, é trabalhada essencialmente a zona inferior do corpo, em detrimento dos outros membros).

          Vocês podem-me perguntar o que é que isso tem a ver com a dieta e eu respondo-vos: Tudo! A meu ver, sem um plano de exercício diário, a dieta não funciona, do mesmo modo que sem se ter um plano alimentar cuidado o exercício por si só não faz milagres (pelo menos eu, já tinha tentado em anos anteriores perder peso só fazendo exercício e não consegui).

          No primeiro mês não fiz dia de asneira,mas a partir daí comecei a tirar um dia por semana para comer algo que gosto muito (atenção: o dia da asneira não implica que passemos um dia inteiro a comer coisas que não devemos. O dia da asneira consiste em uma vez por semana escolhermos algo proibido pela dieta para comer): uma bola de Berlim!

          A media de calorias máximas ingeridas por dia era de 1350 (isto para a minha altura 1.57 cm), durante a semana comia menos 100 calorias para no fim de semana poder ingerir mais um pouco de calorias e média semanal de calorias não ultrapassar as 1350.

          Hidratos de carbono

          Eu comecei por substituir os hidratos de carbono “maus” pelos mais saudáveis. Arroz e massas sempre integrais e pão integral. Faz toda a diferença pois a absorção destes alimentos pelo organismo é feita de forma lenta, o que promove a sensação de saciedade! No primeiro mês só comia arroz e massa uma vez por semana. Nunca abdiquei de comer pão (cerca de 150 gr por dia, porção dividida entre o pequeno-almoço e a ceia)!

          Gorduras

          Algo que eu cortei quase radicalmente foi na manteiga! Comia muito em torradas e deixei de comprar para casa. Nas tostinhas que comia à noite passei a colocar mel e ao pequeno almoço colocava no pão cerca de 50gr de queijo fresco (o que resulta muito bem pois o queijo freco, sendo leite, tem uma digestão lenta o que dá uma sensação de saciedade).

          Substituí o óleo por azeite! Mesmo quando me apetecia mesmo uma torrada com manteiga, optava por molhar o pão em azeite (com moderação pois o azeite, apesar de ser saudável é tão calórico como a manteiga).

          Algo que eu não uso é banha, nem carnes muito gordas e quando cozinho as proteínas retiro-lhes a pele antes de as cozinhar.

          Legumes

          Os meus grandes aliados! Ainda hoje, passados mais de um ano sobre o início da dieta, 80% do meu prato é composto por legumes (brócoles, couve flor, feijão verde ou até mesmo alface). Uma vez por semana como leguminosas (ervilhas, grão de bico, feijão).

          Frutas

          Juntamente com os legumes, as frutas têm sido as minhas grandes aliadas. Na minha dieta nunca como sobremesa. Opto por, cerca de uma hora depois da refeição, comer uma peça de fruta. Durante a tarde, só ingiro fruta (de duas em duas horas uma pera, depois uma banana, depois uma laranja, conforme a fruta que existe na época). É muito importante respeitar a fruta na sua integridade, ou seja, nunca a transformar em sumos,pois isso faria com que a fruta perdesse as suas fibras, elemento fundamental para que a absorção seja lenta e para que a saciedade aumente.

          Cardápio a minha dieta

          Exemplo de um dia de dieta

          Pequeno-almoço (302 calorias):

          • Café (puro, sem açúcar ou adoçante)  – 2 Calorias

          • 100 gr. de pão integral com mel – 300 calorias

          Almoço (189 calorias):

          • Brócoles e couve flor cozidos – 75 calorias

          • Pescada cozida (100 gr.) – 112 calorias

          • Chá de gengibre com erva principe (sem açúcar) – 2 Calorias

          Durante a tarde (219 calorias): 

          • Banana –  105 calorias

          • Laranja – 62 calorias

          • Maçã – 52 calorias

          Jantar (198 calorias):

          • Sopa (um prato grande bem cheio) – 198 calorias

          Ceia (252 calorias)

          • Chá de Camomila – 2 Calorias

          • 100 gr. de pão integral com queijo fresco ou com marmelada – 250 Calorias

          Total de calorias ingeridas do dia 1158

          Exercício diário (bicicleta estática) de 250 calorias (realizar 5 vezes por semana)

          Muitas pessoas perguntam-me se não faz mal fazer a ceia. A mim nunca fez. Sempre gostei de ir para a cama com o estômago aconchegado, então faço esta ceia cerca de uma hora antes de ir para a cama. Segundo o que pesquisei, devemos ter um limite diário de calorias para ingerir. No meu caso eram 1350 Kcal.

          Desde que não ultrapassemos esse limite (o nosso limite), não importa as horas a que comemos. Eu como pouco de manhã, porque acordo cerca de três horas antes do almoço, mas quem acorda muito cedo, pode eliminar a ceia e fazer um lanche a meio da manhã com essas 100 gramas de pão integral. Ou então, se preferir, fazer um lanche com frutas a meio da manhã e comer o lanche de pão e queijo à tarde.

          Esta é uma dieta muito versátil, pois o objectivo é a adaptação a cada pessoa, a consciência de que cada pessoa é única e que podemos brincar com os alimentos permitidos e com o número de calorias de modo a satisfazer a pessoa em questão e fazer essa pessoa perder os quilinhos indesejados!

          Deixe um comentário


          Leave a comment

          Ou

          One thought on “Minha dieta

          • Monica Post author

            Eficácia.....

            9

            Facilidade.....

            7

            Permições.....

            7

            Saúde.....

            9.5

            Consegui perder 10 quilos em seis meses.
            Agora o meu peso apenas varia 2 kg, dependendo da estação do ano. O natal é a pior altura.
            Sinto-me saudável e feliz.